Dra. Alessandra está no Benson-Henry Institute for Mind Body Medicine aprimorando seus conhecimentos com o Dr Darshan, Médico Instrutor de Medicina na Harvard Medical School.

A medicina integrativa é um tratamento além da doença. É tratar o paciente como um todo, desde o seu estilo de vida, até a forma como ele se relaciona com o ambiente é o objetivo principal dos profissionais da Clínica São Paulo.

Neste mês de janeiro a Dra. Alessandra Molina está no Benson-Henry Institute for Mind Body Medicine aprimorando seus conhecimentos com o Dr Darshan Mehta, Médico Instrutor de Medicina na Harvard Medical School.

Dr. Mehta é membro do American College of Physicians. É um diplomata do Conselho Americano de Medicina Holística, e completou a formação profissional em redução do estresse baseado em mindfulness na Universidade de Massachusetts Medical School. Ele vê os pacientes em um papel consultivo para o uso de terapias médicas complementares e integrativas, bem como intervenções mente / corpo para o gerenciamento do estresse e redução do estresse. Seus interesses educacionais e de pesquisa incluem o desenvolvimento curricular em terapias médicas complementares e integrativas.

Os princípios da medicina integrativa trata corpo, mente e espírito. Enfatiza as relações entre o paciente e o médico, e combina tratamentos convencionais e terapias complementares cuja a segurança e eficácia tenham sido cientificamente provadas.

As especialidades que compõem a medicina integrativa são a medicina tradicional, também conhecida como alopatia, e as terapias alternativas mais variáveis possíveis como: musicoterapia, homeopatia, acupuntura, uso de fitoterápicos, aromaterapia, técnicas de respiração, meditação, quiropraxia, reiki, tai chi chuan, entre várias outras para a melhora da qualidade de vida.

Veja algumas das terapias alternativas mais usadas e os benefícios que podem proporcionar para a manutenção da sua saúde.

Confira:

  • Acupuntura: a inserção das agulhas de Acupuntura estimula as terminações nervosas existentes na pele e nos outros tecidos, enviando mensagens até ao cérebro, o que desencadeia diferentes efeitos no corpo, como ação analgésica ou anti-inflamatória, por exemplo.
  • Homeopatia: é uma alternativa direta à medicina alopata. Através de gotinhas ou comprimidos periódicos, promove o tratamento da doença, e não dos sintomas, em médio e longo prazos. Pode ser usada em conjunto com a medicina tradicional para resultados mais rápidos. É bastante indicada para doenças respiratórias e alérgicas.
  • Reiki: o Reiki é uma energia de cura extremamente positiva e benéfica que auxilia no tratamento de doenças, aumenta a sensação de bem-estar e até mesmo promove a expansão da consciência. O reiki funciona como tratamento espiritual, físico e emocional.
  • Fitoterápicos: é o uso da natureza direta para tratar os males que possam acometer as pessoas através de extratos, infusões e pomadas.

 

Os princípios norteiam esse tipo de medicina:

  • Paciente e praticante são parceiros no processo de cura.
  • Todos os fatores que influenciam a saúde, o bem-estar e a doença são levados em consideração, incluindo a mente, o espírito e a comunidade, bem como o corpo.
  • O uso apropriado de métodos convencionais e alternativos facilita a resposta de cura inata do corpo.
  • Intervenções eficazes, naturais e menos invasivas, devem ser usadas sempre que possível.
  • A medicina integrativa não rejeita a medicina convencional nem aceita terapias alternativas sem o devido senso crítico.
  • O bom remédio é baseado em boa ciência. É orientada pela investigação e aberta a novos paradigmas.
  • Juntamente com o conceito de tratamento, os conceitos mais amplos de cuidado com a saúde e prevenção de doenças são primordiais.
  • Praticantes da medicina integrativa devem exemplificar seus princípios e comprometer-se com a autoexploração e o autodesenvolvimento.

 

Venha conhecer mais sobre essa técnica com a gente. Agende sua consulta. Se preferir pode nos chamar pelo Whatsapp. É rápido e fácil. Teremos o maior prazer em falar com você.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

APÓS DIGITAR, CLIQUE EM ENTER PARA FAZER A BUSCA...

WhatsApp